Coleção Pirelli / MASP de Fotografia

Miguel Rio Branco

Spacer
Top
Bottom
Spacer

Las Palmas de Gran Canaria, Espanha, 1946

Biografia

Pintor autodidata desde 1961, começou a fotografar profissionalmente em 1968, dedicando-se também ao cinema como diretor de fotografia e diretor de curtas e longas-metragens. Desde 1980 é fotógrafo correspondente da agência Magnum de Paris. A partir de 1994 dedica-se exclusivamente aos projetos pessoais, em que a fotografia se funde com a experiência da pintura e do cinema. Recebeu diversos prêmios, entre os quais o Prix Kodak de la Critique Photographique (1982); Rockfeller Foundation (1993); a Bolsa Vitae de Artes/Fotografia (1993); o Prêmio Nacional de Fotografia, Funarte (1995); e Prix du Livre Photo, Arles, França (1997). Vive no Rio de Janeiro.

Mostras individuais

1974 – Fotografias, Galeria Grupo B, Rio de Janeiro
1978 – Negativo Sujo, Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand
1980 – Nada levarei quando morrer aqueles que mim deve cobrarei no inferno, Fotogaleria da Funarte, Rio de Janeiro
1982 – Fotografias, Gabinete de Cultura, Bilbao, Espanha
1985 – Coração espelho da carne, Burden Gallery, Aperture Foundation, Nova Iorque, Estados Unidos
1986 – Foto Seqüências, Fotogaleria Teatro San Martin, Buenos Aires, Argentina
1988 – Coração Espelho da Carne, Pallazo Fortuny, Veneza, Itália
1992 – Stadtliche Galerie Tuttlingen, Berlim, Alemanha
1995 – Out of Nowhere, IFA Gallery, Sttutgart, Alemanha
1996 – Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro
1996 – Agathe Gaillard Gallery, Mois de la Photo, Paris, França
1997 – Between the eyes, the desert, In Site 97, San Diego
1998 – London Projects, Londres, Reino Unido
1999 – Entre los Ojos, Fundación La Caixa, Barcelona, Espanha
2000 – Photographs, William Benton Museum, Storrs, Connecticut, Estados Unidos
2001 – Miguel Rio Branco, Peggy Guggenheim Museum, Veneza, Itália
2002 – Fast Flash Backs, Galeria 1900-2000, Paris, França
2003 – Door into Darkness, Aperture’s Burden Gallery, Nova Iorque, Estados Unidos
2004 – Algunas Habaneras, otras no..., Galeria Oliva Arauna, Madri, Espanha
2005 – Maison Européenne de la Photography, Paris, França

Exposições coletivas

1976 – GSP/76 Grande São Paulo, Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand
1979 – Nossa Gente, Galeria de Fotografia da Funarte, Rio de Janeiro
1980 – 1ª. Trienal de Fotografia, Museu de Arte Moderna de São Paulo
1982 – Photographie Contemporaine Latino-Américaine, Centre Georges Pompidou, Paris, França
1983 – O tempo do olhar, Museu Nacional de Belas Artes, Rio de Janeiro
1983 – Brésil des Brésiliens, Centre Georges Pompidou, Paris, França
1983 – 17ª Bienal Internacional de São Paulo
1985 – 1ª Quadrienal de Fotografia, Museu de Arte Moderna de São Paulo
1985 – 50 Jahre Moderne Farbfotografie, Fotokina, Colônia, Alemanha
1985 – Auto retrato do brasileiro, Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand
1987 – Masters of Street Photography 3, Museum of Photographic Arts, San Diego, Estados Unidos
1988 – Brazil Project, PS-1, Institute for Art and Urban Resources, Nova Iorque, Estados Unidos
1990 – Photo Biennale, Rotterdam, Holanda
1992 – Brazilian Color Photography, Photofest, Houston, Estados Unidos
1993 – Paixão do Olhar, Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro
1994 – 5ª Bienal de la Habana, Cuba
1994 – A Hidden View, Barbican Center Concourse Gallery, Londres, Reino Unido
1995 – Panorama da Arte Brasileira, Museu de Arte Moderna de São Paulo 
1996 – Nakta, 1ª Bienal Internacional de Fotografia Cidade de Curitiba
1996 – Door into Darkness, Prospect 96, Kunstverein, Frankfurt, Alemanha 
1998 – 24ª Bienal Internacional de São Paulo
1999 – Biennal of Contemporary Art, Tate Gallery, Liverpool, Reino Unido
2000 – AMNESIA, Contemporary Art Museum, University of South Florida, Tampa, Estados Unidos
2001 – Brazil Body and Soul, Guggenheim Museum, Nova Iorque, Estados Unidos
2003 – Beauty, the Beast, The Art Institute of Boston, Estados Unidos
2004 – Brazil Body Nostalgia, National Museum of Modern Art, Toquio, Japão

Publicações

- Salvador da Bahia. Paris: Double Page, 1985
- Dulce sudor amargo. Mexico: Fondo de Cultura Económica, 1985
- Miguel Rio Branco. Rio de Janeiro: Dazibao, 1991
- Nakta. Curitiba: Fundação Cultural de Curitiba, 1996
- Miguel Rio Branco. São Paulo: Cia das Letras, 1998
- Silent Book. São Paulo: Cosac & Naif, 1998
- Entre os Olhos, o Deserto. São Paulo: Cosac & Naify, 2001

Versão PDF