Coleção Pirelli / MASP de Fotografia

Herman Graeser (Germano)

Spacer
Top
Bottom
Spacer

São Paulo, SP, 1898 — São Paulo, SP, 1966

Biografia

Filho de emigrantes alemães, o pai Hugo era fotógrafo com estúdio na Rua Direita em São Paulo. Em 1908 transfere-se com a família  para a cidade de São Carlos. Em 1921 Germano, junto com Aldonio Faria arrenda  a Photographia Péres e mais tarde funda a firma Graeser e Cia, estúdio e loja de artigos fotográficos que funcionará até 1945. Em 1937 Mario de Andrade e Luiz Saia estavam criando o Serviço do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (SPHAN) no Estado de São Paulo e, por indicação de Luiz Saia, também de São Carlos, Herman Graeser inicia sua colaboração  como fotógrafo especializado, integrando a equipe nas viagens  pelo Estado de São Paulo para documentar arquiteturas e obras de arte (no Rio de Janeiro o SPHAN contará com o trabalho de Marcel Gautherot, a partir de 1940).
Desenvolve para este ofício uma fotografia que favoreça o conhecimento e o estudo das obras, situando os monumentos no espaço. em 1945 é contratado permanentemente pelo SPHAN de São Paulo, onde  monta laboratório e cuida também da administração do escritório. Constrói ou adapta seu próprio equipamento fotográfico, lê, traduz, experimenta, adota cadernos de notas, para aprimorar um trabalho que amava e ao qual dedicou a vida. O IPHAN, Instituto do Patrimônio Histórico e Artistico Nacional, de São Paulo possui cerca de 3000 negativos de sua autoria. As cinco imagens foram cedidas pelo IPHAN de São Paulo.

Mostras individuais

1981 - Fotografia e Documentação. O trabalho de Herman Graeser. Museu Lasar Segall, São Paulo e Paço Imperial, Rio de Janeiro, 1987
1998 - Fotógrafos presentes no acervo do  Arquivo IEB/USP, IEB - Instituto de Estudos Brasileiros/USP, Centro Universitário Maria Antonia, São Paulo, e Centro de Divulgação Científica e Cultural, São Carlos, 1999

Publicações

- Fotografia e Documentação: o trabalho de Herman Graeser. São Paulo: Museu Lasar Segall, 1981

Versão PDF