Coleção Pirelli / MASP de Fotografia

Jean Manzon

Spacer
Top
Bottom
Spacer

Paris, França, 1915 — São Paulo, SP, 1990

Biografia

Iniciou a carreira como repórter fotográfico do jornal Paris Soir e posteriormente integrou a equipe de jornalistas que fundou o Paris Match, semanário francês de grande tiragem. Em 1940, conheceu o cineasta Alberto Cavalcanti e, influenciado por ele, decidiu vir para o Brasil. Fixou-se no Rio de Janeiro, onde exerceu uma intensa atividade profissional. Colaborou com as revistas ilustradas dos Diários Associados e, especialmente, com a revista O Cruzeiro (1943-1952), inovando a reportagem fotográfica no Brasil. Em 1952 fundou a empresa cinematográfica Jean Manzon Produções, produzindo, ao longo de sua vida, cerca de 900 documentários, na maioria sobre o povo, a cultura e as cidades brasileiras. Em 1966 recebeu o Leão de Ouro do Festival de Cinema de Veneza, Itália, pelo filme documentário L'Amazone. Colaborou com a agência Magnum e foi diretor da revista Paris Match (1968-1972).

Exposições coletivas

1992 – Brasilien: entdeckung und selbstentdeckung, Kunsthaus, Zurique, Suiça  
1995 – Contatos e Confrontos: o índio e o branco, Museu da Imagem e do Som, São Paulo 
2000 – O Olhar Distante - Mostra do Redescobrimento, Pavilhão da Bienal, São Paulo
2000 – De la Antropofagia a Brasilía: Brasil 1920-1950, Centre Julio Gonzáles, Valência, Espanha
2000 – Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro
2000 – Fotojornalismo, Casa da Fotografia Fuji, São Paulo
2004 – Imagens da era Vargas, Sesc Ipiranga, São Paulo

Publicações

- Mergulho na Aventura. Rio de Janeiro: O Cruzeiro, 1945
- Flagrantes do Brasil. Rio de Janeiro: Gráficos Bloch, 1950
- Le Brésil: dês hommes son venus. Mônaco: Les Documents d’Art,1952
- Féerie Brésilienne. Neufchatel: Editions de Baconnière, 1956
- Bolivie, cet astre ignore. Neufchatel: Editions de la Baconnière, 1960
- L’Aristocratie du Reportage Photographique. [S.I.]: Balland, 1974
- Le Regard du Jaguar. Rennes: Editions Ouest-France, 1991

Versão PDF