Coleção Pirelli / MASP de Fotografia

Paisagens

Uma aproximação

Por muito tempo se acreditou que a fotografia era apenas uma representação fiel da realidade. Hoje sabemos que mostra uma realidade mediada e fragmentada.

As imagens que apresentamos, mais que descrever ou mostrar as paisagens, representam as percepções que os autores tiveram de um determinado lugar.

Os autores que se dedicam especificamente a retratar a paisagem, são poucos, ao contrário do que se poderia imaginar num país tão vasto e variado como o Brasil; a paisagem porém se vai insinuando mesmo quando o tema principal é, ou parece ser, outro.

As obras são de vários fotógrafos e foram realizadas num período que vai de c.1930 até nossos dias. Cada autor tem sua própria maneira de olhar a natureza e descobrir a paisagem que nos circunda e neste olhar podemos captar intenções e relações que intercorrem entre a natureza e o fotógrafo. As imagens refletem sensações vividas e mostram com intensidade o sentimento de estar numa terra de tantos milhões de quilômetros quadrados.

A mostra Paisagens – apresentada em 2006 no Museu paralelamente a 15ª edição da Coleção Pirelli / MASP de Fotografia – compreendia cerca de setenta obras selecionadas do seu acervo, parte delas são aqui dispostas.

Esta é uma das tantas pesquisas que a Coleção, construída ao longo dos anos, permite.


Novembro 2006

George Leary Love

CP0085
02-1992

  • Amazônia, 1973
  • Cibachrome
  • 24,1 x 36,2 cm (30,0 x 40,2 cm)
  • © George Leary Love. Todos os direitos reservados. Reprodução proibida.
página 2 de 17